terça-feira, 14 de agosto de 2012

Andador? Nãaaao!

Dia desses levei a Isabel ao pediatra. E na recepção havia um folheto sobre os perigos do andador.

Até aí nenhuma novidade. Desde há muito tempo eu sei que não é recomendado. O andador não permite à criança se desenvolver naturalmente e isso causa problemas. Ela por exemplo não desenvolve o reflexo de tentar amenizar uma queda com as mãos quando está aprendendo a ficar de pé. Em alguns casos - e isso eu já pude constatar na vida real - a criança se acostuma a andar nas pontas dos pés. Isso porque frequentemente, quando colocada no andador, a criança ainda não consegue apoiar a planta do pé por completo no chão e apoia só a ponta. E então passa a achar que é assim que se deve andar.

Há outros problemas que o andador causa mas eu nunca havia pensado em problemas tão mórbidos e sérios quanto os que eu li a respeito no tal folheto.

Ele dizia que a fabricação, comérico e até importação de andador no Canadá havia sido proibido por conta do número de mortes e acidentes graves decorrentes do uso dele.

Mortes?

Pois é. Tem sentido. O andador pode chegar a 10m/s num declive por exemplo. É praticamente um veículo motorizado! E criança não tem muita noção dessas coisas. O texto dizia que várias crianças haviam morrido ou sofrido sérios traumas neurológicos/cranianos devido a quedas de escadas e rampas quando estavam num andador.

Imagine. Deve ser assutador. A criança tá lá, toda feliz, achando que consegue se locomover. Aí quer alcançar aquele objeto colorido, vai um pouquinho para a frente e ploft... cai de uma escada, de uma rampa.. enfim. Horrível. A criança não tem como sair do andador. Só se for tirada de lá por alguém. Imagine o desespero.

Resolvi fazer o post só para engrossar o coro de pessoas contra o andador. Como o próprio texto dizia, dizer que "ah, mas ele/ela fica tão feliz no andador" é preguiça. Há muitas maneiras de fazer uma criança feliz e eles se contentam com as mais simples como por exemplo sentar-se no chão diante deles e fazer caretas. Sou mãe e sei que uma criança que está aprendendo a andar dá muito trabalho. Mas faz parte do nosso papel cuidarmos para preservá-los. Isso inclui mudar a mobília da casa se necessário, fazer uns ajustes aqui e ali. Arrisco até dizer que é melhor deixar a criança num cercadinho todo vazadinho (para ela pelo menos poder enxergar as coisas ao seu redor!) do que deixá-la num andador. Quando eu tinha que limpar a casa por exemplo eu deixava a Isabel no cercadinho perto de mim assim pelo menos ela não corria o risco de se intoxicar com os produos de limpeza. Mas fora isso eu a deixava livre para crescer e ser feliz, óbvio que sempre atenta a ela e aos perigos ao redor.

Mas realmente, essa do andador me deixou bastante assustada... deveriam proibí-lo no Brasil também!

6 comentários:

  1. Oi si to com saudades , me manda noticias pelo e-mail lari_elamesma@hotmail.com e a Isa? como esta? até hj não me mandou fotinho dela...

    lariissaxavier.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/

      VENDE DE TUDO

      BEBÊ /INFANTIL

      http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=110

      ANDADOR

      http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=andador&IDCategoria=110

      VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS

      Excluir
  2. não axo q tenha nada haver esta questão do andador, pois coloquei andador no meu bebe com 9 meses... com dez ele ja andava perfeitamente e hj tem 4 anos e não tem problema algum, nunca teve o costume de andar na ponta dos pés... e outra questão é... mesmo com andador ou sem andador, a criança que quisert pegar um objeto colorido para brincar, conforme citado no texto acima, se não houver cuidado com a mesma nem responsaveis proximos, a queda tbm vai acontecer, seria terrivel do mesmo jeito e sem o andador a criança, numa queda, se machuca ainda mais... Não vejo sentido algum nesse negocio contra o andador...

    ResponderExcluir
  3. É claro que não são todos os bebês que acabam andando nas pontas dos pés ou tendo um retardo nos reflexos por conta do andador. Mas eu já vi três crianças que andavam só nas pontas dos pés e conversando com as mães elas me confirmaram que utilizaram andador. Fora isso, são estatísticas médicas de que o uso do andador aumenta a incidência desses problemas. Não significa que TODOS serão afetados, mas que a probabilidade aumenta. Pode não ter acontecido com seu bebê mas a probabilidade de ele ter esses problemas foi aumentada a partir do momento que ele passou a usar andador.

    Quanto à questão das quedas, o que eu quis dizer, e que era o que o texto reiterava, era que ele é extremamente perigoso no caso de ladeiras ou escadas. É como se a criança estivesse num veículo fora de controle. Imagina um andador numa rua levemente inclinada ou numa rampa mais íngrime. Se a criança ainda não tem força e equilíbrio ela pode acabar sendo "levada" pelo andador por conta das rodinhas. Segundo o texto o andador pode chegar a uma velocidade de 10 metros por segundo. E aí é claro que a queda é muito pior do que se ele estivesse sem andador e portanto ele se machucaria muito mais. Os estudos e pesquisas citados no texto mostravam que havia um aumento de casos de morte e sequelas graves como traumatismo craniano em crianças que foram "levadas" pelo andador. É questão de lógica - você tem mais chances de se machucar feio andando a pé ou num veículo a 50km/h?

    ResponderExcluir
  4. MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/

    VENDE DE TUDO

    BEBÊ /INFANTIL

    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=110

    ANDADOR

    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=andador&IDCategoria=110

    VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS

    ResponderExcluir
  5. Silvia!!!
    Saudades!! Manda notícias!!!
    Beijos,
    Dani

    ResponderExcluir